sábado, 3 de julho de 2010

Nada como um dia após o outro!

Jornal 'Olé', da Argentina, define derrota brasileira como 'laranjaço'

 
"O site do principal diário esportivo da Argentina, o "Olé", ironizou a derrota da Seleção Brasileira para a Holanda logo na manchete: "Brasil 2014". Em seguida, a chamada da reportagem diz que a partida foi um "naranjazo", "laranjaço" em espanhol, referência à cor laranja da camisa holandesa.
"O Brasil venceu o primeiro tempo por 1 a 0, com gol de Robinho, mas houve um 'laranjaço' histórico em Port Elizabeth: Sneidjer fez a virada com dois gols em menos de 15 minutos e mandou para casa a pentacampeã mundial. Na Argentina se gritou um pouco... Vamos Argentina, que você pode!!!", descreveu o "Olé".
A expulsão de Felipe Melo foi citada na abertura como o fato que deixou o time brasileiro "à beira do desmoronamento".
A seleção de Maradona e Messi enfrenta a Alemanha no sábado, às 11h, na Cidade do Cabo."


Alemanha humilha a Argentina por 4 x 0 e segue na Copa

"A Alemanha venceu a Argentina nas Quartas de Final da Copa da África, por 4 x 0, e segue para as semifinais da Copa da África. O time comandado por Maradona, que era apontado como um dos favoridos ao título, foi desclassficado.
O placar foi aberto logo aos 2 minutos do primeiro tempo, pelo meia Müller, que substitui o craque Ballack. Foi o gol 200 da Alemanha, levando em conta os dados passados da República Federal Alemã, já que as estatísticas da extinta República Democrática da Alemanha não foram consideradas nos dados da atual seleção alemã.
Para Müller, é seu quarto gol no torneio, o que o situa provisoriamente na liderança da tabela de artilheiros do Mundial, empatado com o argentino Gonzalo Higuaín, o espanhol David Villa, o eslovaco Robert Vittek e o holandês Wesley Sneijder.
Müller, no entanto, pegou o segundo cartão amarelo e desfalta o seu time no próximo jogo, contra o vencedor de Espanha e Paraguai.
O segundo gol alemão foi marcado pelo atacante Klose, após grande jogada de Podolski.
Já o terceiro foi do zagueiro Friedrich, que pegou sobra de jogada na área argentina.
Klose voltou a marcar no final do segundo tempo. Agora, o atacante alemão está a dois gols de superar Ronaldo e virar o maior artilheiro das Copas do Mundo.
Dor
Carlos Tévez, atacante da seleção da Argentina, admitiu que a derrota deste sábado para a Alemanha por 4-0, que eliminou os argentinos do Mundial, é "uma dor muito grande".
"É uma dor muito grande. Sabíamos que seria complicado, que não deixariam de nos atacar. Não marcamos um gol, não há nada a dizer mais sobre esta vitória", declarou Tévez depois da goleada que tirou a Argentina do Mundial2010.
A Argentina caiu ante os alemães pela segunda vez consecutiva nas quartas de final de um Mundial."

4 comentários:

Clau Finotti disse...

Eu A-DO-RO ler isso...rs...

Espero que os brasileiros tenham ido à forra com a Argentina e dêem um pouco de paz aos nossos quase heróis derrotados...afff...

Alguém tem que sair perdendo, né? O povo é muito ingrato, qdo ganha são Deuses e qdo perde não presta pra nada... há que se ter um meio termo.

Bjocas e ótimo sábado.

*~* Coisas da Bruxinha *~* disse...

Ainda bem, a argentina já foi tarde hehhehhehe.
Um beijo e bom fds Leila

Mery Valle disse...

Foi uma delícia ver este jogo...adorei...me senti vitoriosa...como todos os brasileiros...hehe!!!
Beijos,
Mery!!!!

artesdanatacha disse...

Realmente nada como um dia após o outro. rss Nós perdemos de 2x1, eles pelo vergonhoso placar de 4x0, um chocolate. kkkkkkkk
Bjs